Quando as coisas estão para dar certo… Tudo dá certo!

julho 14, 2009

gabioto propBoa noite galera! Em meu último post, eu reclamava que estava com muito azar. Não vinha carta nenhuma pra formar meus jogos, então parei de jogar. Hoje foi diferente. Parece que as coisas estão fadadas ao sucesso.

Bom, tudo já começou ontem. Tudo começou dando certo. Os colorados realmente estavam cobertos de razão: O Corinthians iria levar 3 gols em Porto alegre, haha.

Brincadeiras à parte, vou falar da minha primeira mão. Que é a que me fez praticamente dobrar meu dinheiro na mesa.

Primeiramente, vou salientar de novo a importância de observar seus adversários, para saber o estilo de jogo dos mesmos. Antes de sentar-me à mesa (gostaram dos vocábulos rebuscados, hein, haha), observei e vi que havia um maníaco, daquele tipo que dava all-in com um par de 2.

Na minha primeira jogada, na posição do big blind, U$ 0,01/0,02 – 6 Players, recebi a seguinte mão: Kcopa Qcopa.

Pensei eu, relembrando aquela frase do amigo Baltazar: “Deus está reservando algo melhor para mim.”, hahaha.

Paguei o big bling, a mão correu com todo mundo “foldando” até o small blind, o maníaco, que aumentou para U$ 0,08. Não tive dúvidas, aumentei para U$ 0,14 e adivinhem? Fui pago Pelo abilolado, com o pote totalizando U$ 0,28. O flop trouxe Qouro 6paus 4espada.

Nada muito magnífico para minha mão. Achei que o maníaco após o flop iria apostar, para me afugentar do pot, mas ele deu check. Ai pensei: Pronto. Mesmo sem ter nada ele aposta horrores para abocanhar os potes, imagina se ele passar. Então categorizei a mão dele num range tipo “entre nada e coisa alguma”, haha. Apostei forte, U$ 0,20. O maníaco foi a all-in com U$ 2,90. Como eu tinha entrado na mesa apenas com U$ 1,00, completei com meus U$ 0,66 que sobravam. Se tivesse entrado com U$ 3,00 podia ter abocanhado tudo dele.

O turn e o river vieram com 5espada 4paus.  A mão do maluco era Aouro 6ouro.

Ganhei com dupla de Q e 4.No restante da mesa, consegui quadriplicar o dinheiro. É, as coisas estavam para dar certo.

Aí vai a dica. Antes de entrar na mesa, observe. Pode ter um maníaco desses, o que pode ser muito lucrativo!

mazaaa

Psicologia e falcatrua também ajudam no Hold’em!

julho 9, 2009

Olá, tudo bem? Antes de tudo, abaixo vai uma foto de nossos patrocinadores. Entre na comunidade do Gabióto no Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=91537290

gabioto2Aqui não é qualquer queda de luz ou explosão de transformador que fazem a jogatina parar. Se não tem luz, se joga igual. Em que outro clube você tem a oportunidade de jogar à luz de velas? Aqui é o lugar. Um ambiente aconchegante, cheio de pessoas irreverentes, onde o baixo astral não tem vez.

Hoje não há muito que falar. Não é um dos melhores dias para o jogo. Como todo jogador deveria ser: falar sobre as jogadas boas e as ruins. E hoje eu não estou recebendo boas mãos, então parei de jogar por hoje. Mas isso não quer dizer que eu vou seguir meu conselho de comentar mãos ruins, haha. Falarei sobre como a psicologia e a falcatrua (seguindo as palavras do meu amigo Fábio nos comentários do post anterior) podem ajudar a ganhar mãos, haha.

Estava eu jogando um Sit & Go de 90 pessoas. Buy in de U$ 0,25, e o prêmio para o campeão era a incrível, fantástica, inigualável, cataclísmica quantia de U$ 6,25, haha. Aí tu já imaginas a vontade do peão jogar, né.

Bom estava eu jogando, e o Barroga (apelido do meu pai) me chamou porque tinha que ir a algum lugar com ele. Visto que esse fato iria acabar com minha alegre jogatina, comecei a jogar as mãos de qualquer jeito. No momento em que perdi uma quantia considerável de fichas, um brasileiro, de SP, estava na mesa comentou sobre a minha jogada. Expliquei a situação sobre o porquê (sim, este porque é acentuado porque está sendo usado no sentido de “o motivo pelo qual” haha) de jogar dessa forma. Eis que na jogada seguinte, um acaso do destino: Recebi um par de Ases.

Não tive dúvidas: dei all-in: todos desistiram e ele pagou meu all-in. No fim, eu ganhei com a dupla de ases, e ele reclamou no chat: “Mas você não falou que ia jogar de qualquer jeito porque tinha que sair?”. No ápice de minha felicidade momentânea, respondi:

“- Mas quem disse que o fato de eu querer sair me impede de jogar mãos ótimas como se fossem as últimas de minha vida?”

E o cara ficou puto da vida, haha. Na rodada seguinte, tive mais sorte e acabei com as fichas dele. Viu, sempre use a psicologia para fazer falcatruas, até na mesa de jogo, haha. No fim, acabei o torneio em 6º, ganhando algo em torno de U$ 1,00.

Abaixo vai uma foto da jogada. Não sei por que fica sempre uma porcaria, mas tudo bem.

Muito obrigado, e nos vemos no Gabióto Poker Club!!

falcatrua

Let’s talk about Texas Hold’em!

julho 8, 2009

HOT-PAIR-OF-LADIES-POKER-ART-ARTS-POCKET-QUEENS-HOME-DECOR-PAINTING-Poster-C12006662Olá galera, tudo legal? Eu sou o Lucas, conhecido também como Fucão e para alguns Maj. Annas Al Libby.

O objetivo deste blog é falar um pouco sobre poker. E sobre qualquer outra coisa que der na telha quando eu não tiver idéia do que falar sobre poker haha.

Para começar, irei comentar uma mão que aconteceu comigo uns instantes atrás.  Sim, foi esta mão que me deu a idéia de montar este tal de blog. Não me pergunte o motivo de eu ter esta idéia. Apenas tive.

Entrei na mesa (PokerStars) com a quantia de U$ 2,00 e sai após uns 15 minutos com quase U$ 14,00. Sim, pra que trabalhar? haha.

Estava eu em uma mesa com 8 jogadores no momento sentado numa posição mediana.

Recebi então Jouro Qouro.

Os blinds eram de 0,02/0,05. O small e o big blind pagaram, os dois jogadores subseqüentes desistiram.  Chegando a mim, resolvi que iria entrar nesta, visto que o jogador anterior a mim, que é um jogador que joga apenas mãos muito boas, desistiu.

O restante da mesa deu Fold, até chegar no small blind, que completou os U$ 0,05. Restaram na mesa apenas eu, o small blind e o big blind. O big blind pediu mesa e o flop abriu da seguinte forma: 10copa 9ouro Kpaus.

Pensei comigo: “O loko, eu poderia viver de poker haha”

Um flop muito bom para mim, já na virada consegui fazer um Straight (9, 10, J, Q, K) e dos altos, que dificilmente seria batido nesta mão.

Já de cara pensei em fazer slowplaying para roubar apostas do big blind que era muito maníaco, mas não foi necessário eu me esforçar haha.

O big blind saiu apostando U$ 0,25, mas como é um jogador muito loose, que é capaz de dar all-in com um par de 2, pensei “O cara não tem nada”. Paguei os U$ 0,25 dele, totalizando U$ 0,65 no pot. O small blind desistiu restando apenas eu e o maluco do big blind.

No turn abriu um 10espada e o maníaco apostou U$ 1,60. Pensei que talvez ele pudesse ter uma trinca de 10 ou duas duplas, nada que ameaçasse meu Straight. Paguei os U$ 1,60 sem hesitar, estando com plena certeza que ele não possuía nada, baseado em minhas leituras que fiz dele durante as rodadas anteriores. O pot agora totalizava U$ 3,85.

O river trouxe um 5paus. Ou seja, nada que pudesse ameaçar. Eu sabendo da obsessão do big blind por apostar a qualquer custo, apostei U$ 2,00, achando que ele fosse dar fold. Mas não é que o maluco pagou?? Bom, melhor!! Mais dindin aqui pro papai haha

Pot total: U$ 7,85.

Abaixo vai uma imagem do final da mesa.

Um abraço a todos e até a próxima!

replay


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.